ESPECIALIDADES2018-09-21T14:31:41+00:00

ESPECIALIDADES

Biópsia óssea e de partes moles

A biópsia é um procedimento diagnóstico, feito no centro cirúrgico, sob anestesia, que visa coletar fragmentos da lesão tumoral (óssea oi de partes moles), para análise laboratorial (histopatológico).

Tumor ósseo benigno

Lesões ósseas que não apresentam ou apresentam baixo potencial de produzir metástases. Em sua maioria tem bom prognóstico de cura.

Tumor ósseo maligno

Lesões ósseas neoplásicas que apresentam maior potencial de produzir metástases freqüentemente, apresentam mau prognóstico de cura.

Tumor de partes moles

Lesões neoplásicas de tecido muscular, gordura, nervos, vasos sanguíneos e tecido sinovial.

Sarcoma

Tumor maligno de tecido conjuntivo – osso, cartilagem, músculo, nervos, etc.

Metástese óssea

Lesão óssea maligna secundária ao câncer em outro sítio (mama, próstata, pulmão, etc.)

Mieloma múltiplo

Câncer de celular sanguíneas (plasmócitos) produzido na medula óssea.

Linfoma  ósseo

O linfoma ósseo primário representa 1% dos linfomas não Hodgkin de origem extraganglionar e atinge principalmente a sexta e sétima décadas de vida.

Ressecção de tumor

Modalidade de tratamento cirúrgico de tumores, que consiste na retirada completa da lesão.

Cirurgia de Sarcoma

Procedimento cirúrgico especializado na retirada de tumores malignos de tecido ósseo, muscular, adiposo, nervoso, etc.

Cirurgia de metástase óssea

Cirurgia ortopédica oferecida aos pacientes metastáticos, com o objetivo de melhora da qualidade de vida, melhora da dor e, em casos selecionados, aumento da sobrevida.

Fixação de fratura patológica

Cirurgia ortopédica utilizada no tratamento de fraturas provocadas por tumores ósseos. São utilizados materiais diversos como placas, parafusos e hastes intramedulares bloqueadas para fixação dos fragmentos fraturários.

Cirurgia preservadora de membro

Cirurgias ortopédicas oncológicas oferecidas ao tratamento de tumores agressivos que evitam ou postergam a amputação do membro.

Endoprótese não convencional

Material cirúrgico utilizado para substituir o segmento ósseo retirado no tratamento de tumores ósseos.

Vertebroplastia e cifoplastia

Procedimentos minimamente invasivos e não cirúrgicos, utilizados no tratamento de tumores ósseos da coluna.

Radioablação de osteoma osteoide

Procedimento minimamente invasivo alternativo ao tratamento cirúrgico, realizado sob anestesia e guiado por tomografia computadorizada, que utiliza radiofrequência para destruir as células tumorais.

Transplante ósseo

Modalidade de tratamento que utiliza enxerto ósseo de banco, para substituir o segmento ósseo retirado durante a cirurgia.

Procedimentos minimamente invasivos

São procedimentos cirúrgicos limitados, que tem o objetivo de diminuir a morbidade aos pacientes, no tratamento de tumores ósseos e de partes moles, mantendo a sua eficácia.

AGENDE UMA CONSULTA